29 jan

Como escolher o padrinho do bebê

Escolher o padrinho dos filhotes é uma das grandes indecisões das mamães durante a gravidez. É bastante comum que sejam escolhidos os familiares mais próximos, geralmente os irmãos dos pais, mas não há regra!

Escolha alguém com quem você tenha muita afinidade, compartilhe valores parecidos e tenha completa confiança de que desempenhará um bom papel como dindo na vida do bebê que está chegando.

Dicas para escolher o padrinho do bebê

Afinidade com crianças

Muita gente escolhe um amigo próximo de quem gosta muito, mas mais tarde se arrepende por que descobre que ele não tem o famoso jeito com criança.

Para evitar essa situação, pense nisso: por mais que você ame o seu amigo, lembre-se de que ser dindo de um bebê é uma responsabilidade enorme e talvez não seja para ele.

Afinal, não é todo mundo que sabe lidar com criança ou está disposto a assumir esse tipo de compromisso.

Estabilidade

Se você tem certeza que o seu amigo gosta e leva jeito para cuidar do seu bebê na sua ausência, o próximo passo é analisar se ele é uma pessoa que permanecerá na sua vida por bastante tempo.

É comum as mamães escolherem os padrinhos e após alguns anos perderem o contato. É preciso garantir uma certa estabilidade nos primeiros anos de vida da criança para que ela se acostume e crie um laço forte de confiança com os dindos.

Proximidade

Por isso, outro aspecto que deve ser levado em conta na hora de escolher o padrinho do seu filhotinho é se ele conseguirá ser presente na vida do bebê.

Mesmo que não seja possível estar junto fisicamente, há uma infinidade de outras formas de fazer parte do dia a dia da criança.

Se o dindo morar em outra cidade, vocês podem organizar uma viagem de férias todo ano para o afilhado visitá-lo, por exemplo! Com a tecnologia e as redes sociais, só é ausente quem não se dedica, não é?

Mime o dindo também

Depois de passar por essa seleção cheia de critérios, o padrinho do seu filhote merece todo o carinho do mundo! Lembre-se de que ele aceitou uma tarefa que não é nada fácil: ser o “segundo pai” do seu bebê.

Muitas mães esperam que o padrinho encha o bebê de presentes, mas é claro que ele também merece ser mimado!
O convite pode ser feito de uma forma bacana e personalizada, para que o padrinho se sinta especial desde o primeiro momento.

Você também pode comprar roupinhas com frases fofas para vestir o bebê, com certeza o dindo ficará muito feliz e orgulhoso!

Como você escolheu?

Como você fez a escolha do padrinho do seu filhote? Tem alguma dica para as futuras mamães? Conta para o Dino!

posts relacionados

Deixe um comentário