12 jul

Como incentivar a leitura nas férias escolares da criançada

Você sabe o que combina muito com as férias da criançada, mas cada vez menos tem tido espaço no dia a dia delas durante este período? Os livros!

Que a leitura ajuda no desenvolvimento do cérebro a maioria das pessoas já sabe. Férias e livros é uma ótima combinação. A leitura extraclasse ajuda no desempenho dentro da sala de aula. Poder de argumentação, facilidade no aprendizado de novas palavras e no desenvolvimento de frases mais complexas são alguns exemplos de como a leitura influencia no desempenho escolar das crianças.

Mas como convencer os pequenos a largar o computador, videogame e televisão para dedicar um tempinho aos livros?

 

Desenvolvendo o hábito da leitura

A leitura é um hábito cultural, e como tal, deve ser incentivado antes mesmo da alfabetização. Se sua família não tem o costume de ler, comece a desenvolver este costume. Ao ver os pais e os avós lendo, isso passa a fazer parte da vida da criança.

Criar um momento de leitura também exerce uma influência positiva nos pequenos. Reunir a família, cada um com seu livro ou todos com o mesmo, e conversar sobre eles após finalizá-los é importante tanto para o ambiente familiar quanto para as crianças compreenderem que existem diferentes tipos de obras. Não se preocupe em dizer que não gostou do livro, desde que explique as razões pelas quais isso aconteceu.

Oferecer diferentes tipos de textos para elas, pode fazer com que descubram o seu tipo favorito. E não estranhe se os filhotes tiverem interesse em leituras de faixa etárias diferentes da que se encontram. Afinal, leitura demais não faz mal nenhum!

Aprenda a respeitar o gosto e o tempo de leitura

Conforme vão ficando mais velhas, as crianças tendem a se interessar por um gênero específico e isso pode gerar um certo desconforto, e até mesmo preconceito, nos pais.

Calma! Incentive a leitura do gênero que mais a agrada, mas tente oferecer outras opções. Antes de oferecer outras opções, observe seu filho e preste atenção aos seus interesses. Acertar na indicação do livro pode ser fundamental para que ele se apaixone pela leitura.

Não cobre rapidez na leitura e não force a criança a ler tudo sozinho. Para que se torne um processo prazeroso, converse com ela sobre o que está acontecendo no livro após a leitura. Porém, tome cuidado para não passar um tom professoral ou autoritário. Ler deve ser sempre um prazer.

Durante as férias, a criançada também tem que gastar as energias, certo? Então alie a leitura com outros tipos de diversão. O livro fala de animais? Leve os pequenos para o zoológico. Se falar de planetas, universo ou espaço, que tal fazer uma visita ao planetário? Filmes e peças de teatro também são ótimas opções para desenvolver esta relação com os livros.

A tecnologia a favor dos livros

Se você acha que está perdendo esta batalha com seu filho, não desanime! A tecnologia também pode ajudar no desenvolvimento deste hábito. Seja através de biblioteca virtual no computador ou através de sites de editoras e e-books que disponibilizam atividades complementares sobre os títulos.

Além disso, você também pode recorrer aos canais do YouTube sobre literatura infantil. Uma linguagem jovem pode ser o estímulo que faltava para que o interesse seja despertado.

Mas atenção! Não faça com que a leitura seja algo obrigatório. Ler deve ser uma atividade divertida para as crianças para que se torne um hábito na vida delas.

Dicas, Diversos

0 Comentários

posts relacionados

Deixe um comentário