04 ago

Pokémon GO: dicas e cuidados que pais devem ter com a nova sensação da Internet

A essa altura, se você participa de redes sociais ou tem crianças e adolescentes em casa (em alguns casos, até marmanjos), já deve ter se deparado com o Pokémon GO. Talvez você até estava tão ansiosa(o) quanto os pequenos, esperando que o famoso jogo para smartphones fosse liberado de uma vez no Brasil.

Desde quarta-feira (03 de agosto), a série de desenhos animados com mais de 20 anos, Pokémon, voltou com toda a força para o cotidiano dos pequenos brasileiros que gostam de jogos eletrônicos.

 

COMO POKÉMON GO FUNCIONA?

Tudo isso porque o jogo permite algo inédito: o uso da realidade aumentada durante sua execução. De maneira prática, é possível utilizar o GPS do seu celular para ir a locais do mundo real, indicados dentro do jogo, para capturar pequenos animais – os Pokémons – e vê-los interagindo com o local que você está, através da câmera do smartphone. 

A proposta do jogo foi colocar criaturas virtuais dentro do mundo real, fazendo com que pessoas interagissem entre si através de disputas e também compartilhassem a caça aos Pokémons, saindo de casa e passeando por diversos locais, em busca dos pequenos bichinhos.

 

É SÓ UM JOGUINHO OU ELE TEM ALGO A MAIS?

Já foram relatados casos de pessoas que passaram a emagrecer depois que começaram a caçar os Pokémons no mundo real e, até mesmo, crianças diagnosticadas com autismo, passaram a responder de modo positivo ao jogo, mostrando que o estímulo causado pela busca aos animais virtuais é válido e também inédito.

 

OS CUIDADOS QUE OS PAIS DEVEM TER

Mas como tudo tem o lado positivo e o negativo, é bom tomar algumas precauções, principalmente com os pequenos.

Por ser um jogo que estimula a interação com outras pessoas e com o ambiente externo, muitas vezes pessoas má intencionadas utilizam o aplicativo para atrair jogadores a regiões mais afastadas para cometer furto ou até algo pior.

O ideal é que esse seja um jogo compartilhado por pais e filhos. Como o jogo utiliza dados móveis da franquia do celular, os pais devem ter um controle de quanto os pequenos estão jogando.

Além disso, a bateria dos smartphones acaba depressa quando o jogo é utilizado, pois ele utiliza diversas ferramentas do aparelho. A chance de a bateria acabar e a pessoa ficar sem comunicação é grande. Por isso, é importante que pais não percam os filhos de vista enquanto jogam Pokémon GO.

O próprio jogo adverte para não se atravessar a rua enquanto você olha para a tela ou até mesmo quando está dirigindo. Mas é de extrema importância que pais estejam atentos aos seus filhos, enquanto eles usufruem do jogo.

 

UM VIDEO GAME PARA UNIR PAIS E FILHOS

Como dissemos, saia junto com o seu pequeno para caçar Pokémons. Conversem sobre o jogo e passeiem juntos enquanto estão buscando pelos bichinhos virtuais. Assim, você estará mais próximo do seu filho, enquanto vocês se divertem, se exercitam e conhecem um pouco mais do local onde vocês vivem.

 

 

posts relacionados

Deixe um comentário